quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Síria detém outra infiltração armada a partir da Turquia - Portal Vermelho

Síria detém outra infiltração armada a partir da Turquia - Portal Vermelho

O governo da Síria revelou nesta terça-feira (13) que frustrou uma nova tentativa de infiltração por um grupo armado da Turquia através de Ain Baida, na região de Badama, província de Idleb.

O comando da Guarda Fronteiriça informou que seus soldados interceptaram uma quadrilha de 15 indivíduos carregados de armamentos e no confronto mataram dois e feriram os demais.

A operação realizou-se com sucesso depois que patrulhas fronteiriças monitoravam os movimentos de infiltração do grupo armado, antes de enfrenta-los, afirmaram as autoridades, agregando que suas unidades não sofreram baixas de nenhum tipo.

"Nossa Guarda Fronteiriça está preparada para enfrentar a qualquer um que pense que pode atingir a segurança do povo sírio", expressa o comunicado difundido nesta terça-feira.

Em 6 de dezembro, lembra a agência de notícias Sana, unidades fronteiriças também impediram que um grupo de 35 indivíduos armados ingressassem pelo mesmo ponto da fronteira entre Síria e Turquia, ferindo alguns deles.

Vários meios de comunicação, como o jornal tcheco Pravo, relataram que grupos de extremistas sírios, vinculados com o jihad salafista e a Irmandade Muçulmana, bem como mercenários de vários países da região, entre eles alguns comandos líbios, são treinados em acampamentos na Turquia e no Líbano, para em seguida serem infiltrados na Síria.

As autoridades militares libaneses capturaram e encarceraram indivíduos envolvidos no tráfico de armas e munições para o território sírio.

Forças sírias lutam fortemente contra quadrilhas armadas que operam principalmente na província de Homs, e que também lançam ataques e sequestros em localidades rurais de Hama, Daraa e Idleb.

A Agência Sana informa que o brigadeiro general Ghanim Ibrahim Hasan, instrutor na Academia de Engenharia Militar de Assad, foi morto a tiros por indivíduos armados próximo do povoado de Saraqeb, em Idleb, quando se dirigia de Aleppo para Damasco, onde trabalhava.

As autoridades também informaram que recuperaram quatro caixas de bilhetes roubados por outra quadrilha em Talkalakh, enquanto uma bomba causou danos a um posto de combustível próximo a Rastan, em Homs. O fogo resultante pela explosão foi extinto.

Esse posto fornecia combustível à estação geradora de energia de Maharda.

As forças sírias localizaram e enfrentaram no domingo pela noite na mesma província um grupo terrorista que assassinou no sábado o engenheiro Maher Ghadir, quando se dirigia a seu trabalho na usina de gás de Abu Rabah.

Na segunda-feira, um grupo armado tentou tumultuar as eleições dos governos locais em Sham Golan, na província de Daraa, e disparou contra as forças de segurança, matando três agentes de acordo com a Agência de Notícias Síria.

Com informações da Prensa Latina