quarta-feira, 28 de abril de 2010

Conferência do Esporte tem nove etapas estaduais nesta semana


Movimentos

28 de Abril de 2010 - 12h13

A 3ª Conferência Nacional de Esporte (CNE) pretende mobilizar ao menos cem mil pessoas em todo o país. Acompanhe o calendário das etapas estaduais.

A expectativa do Minstério do Esporte de envolver aproximadamente 100 mil pessoas nas discussões da 3ª Conferência Nacional do Esporte (CNE) parece estar concatenada com o processo de mobilização nos estados. Os 26 estados e o Distrito Federal se preparam para a etapa nacional, que será em Brasília, de 3 a 6 de junho.

Com o tema “Plano Decenal do Esporte e Lazer: 10 pontos em 10 anos para projetar o Brasil entre os 10 mais”, a terceira edição da conferência definirá as linhas estratégicas prioritárias do esporte e do lazer para que, nos próximos 10 anos, o Brasil figure entre as 10 maiores potencias esportivo do mundo. Oito estados já realizaram suas respectivas etapas estaduais da conferência, nove estados realizam a etapa estadual nesta semana (até o dia 30 de abril), seis estados se preparam para ter a etapa estadual concluída até o dia 5 de maio e quatro estados realizam até o dia 10 de maio. Confira a mobilização de cada estado, por região:

Nordeste

Bahia
Dias 29 e 30, respectivamente quinta e sexta-feira, o Governo do Estado da Bahia promove a 3ª Conferência Estadual de Esporte da Bahia. Como processo de mobilização da etapa estadual, foram realizadas 21 conferências municipais e 5 regionais, com as presenças de representantes da sociedade civil organizada formada por gestores, atletas e dirigentes esportivos, que debateram e deliberaram sobre o temário do encontro. A Bahia se fará representada na etapa nacional por 65 delegados.

Pernambuco
Mais de 10 mil pessoas, de 150 municípios pernambucanos participaram da etapa estadual de Pernambuco da III Conferência Nacional do Esporte ocorrida no último fim-de-semana (24 e 25/4). A etapa realizada no Centro de Convenções de Recife contou com a presença do Ministro do Esporte, Orlando Silva. O secretario de Esporte de Pernambuco, George Braga, ressaltou a importância da “visão estratégica” do Governo Lula em entender que por meio das políticas de esporte é possível melhorar a qualidade de vida dos brasileiros. Para ele o fato de o Brasil ter conquistado o direito de sediar a Copa do Mundo e Olimpíada já é fruto desta “mudança de paradigma”. O secretário lembrou que esses dois eventos podem não só ajudar a melhorar a imagem externa do país, mas trazer benefícios aos brasileiros. Foram eleitos 50 delegados que representarão o estado na etapa nacional da Conferência Nacional do Esporte.

Sergipe
A etapa estadual da 3ª CNE em Sergipe está marcada para os dias 30 de abril e 1º de maio em Aracaju.

Alagoas
Maceió sediou no sábado (24/4), no teatro do Colégio Marista, a III Conferência Estadual do Esporte, que discutiu e escolheu as propostas, e as metas; além de eleger os 25 delegados que vão representar o Estado na III Conferência Nacional do Esporte. O evento foi promovido pelo governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEE).

Piauí
A 3ª Conferência Estadual de Esportes do Estado do Piauí foi realizada nos dias 30 e 31 de março em Teresina, com a presença da coordenadora executiva da 3ª Conferência, Cássia Damiani e Alan Frick, mobilizador do Ministério do Esporte. Após as discussões foram eleitos 25 delegados titulares e 25 suplentes para a Conferência Nacional.

Ceará
A etapa estadual da 3ª CNE do Ceará está marcada para o dia 30 de abril no Centro de Convenções do Ceará, em Fortaleza.
Maranhão
A etapa estadual da 3ª CNE do Maranhão está marcada para o dia 6 de maio em São Luis.

Rio Grande do Norte
Natal recebe nos próximos dias 29 e 30, quinta e sexta-feira, a Conferência Estadual do Esporte. O evento vai reunir todos os delegados eleitos nas Conferências Regionais, no auditório do hotel Praiamar, em Ponta Negra. Na oportunidade, serão eleitos os 25 representantes potiguares que estarão em Brasília no mês de junho para debater o plano decenal do esporte na Conferência Nacional.

Paraíba
A Paraíba realizará sua Conferência Estadual nos dias 6 e 7 de maio contribuindo para uma nova fase do desporto e o objetivo é elaborar propostas convincentes para a 3ª Conferência Nacional do Esporte. O estado tem direito a 24 delegados. Na página oficial da Conferência estão cadastradas 1 Conferência Municipal (em Pocinhos), 2 Conferências Regionais (em Sousa e em Patos), 2 Conferências Preparatórias (em Campina Grande e em Itabaiana) e 3 Conferências Livres (em Itabaiana, em Fagundes e em Baía da Tradição).

Centro-Oeste

Mato Grosso do Sul
Com a presença de aproximadamente 400 pessoas foi aberta nesta segunda-feira (26/4) a etapa estadual da 3ª Conferência Nacional do Esporte no Mato Grosso do Sul. Durante essa etapa que encerra nesta terça-feira (27/4) foram debatidas e votadas as ações e metas do estado que irão compor o Plano Decenal de Esporte e Lazer. Os 150 delegados eleitos durante as etapas regionais da 3ª CNE no Mato Grosso do Sul disputaram 15 vagas para a etapa nacional.

Goiás
A Conferência Estadual de Esporte e Lazer acontece nos dias 29 e 30 de abril em Goiânia.

Mato Grosso
A Conferência Estadual de Esportes foi realizada nos dias 22 e 23 de abril na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Organizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer (Seel), em parceria com a UFMT, o evento reuniu mais de 300 participantes de Cuiabá e do interior, entre eles representantes do Governo do Estado e trabalhadores na área de esportes.

Distrito Federal
A etapa Distrital do DF será realizada no dia 1º de maio. A atividade terá duração de um dia e é nesta etapa que serão escolhidos os 15 delegados que representarão o DF na etapa nacional da 3ª Conferência, de 3 a 6 de junho, em Brasília. Vale ressaltar que o Regulamento do Distrito Federal difere dos demais estados do Brasil que possuem municípios. A forma de eleição de delegados para a etapa distrital deverá estar prevista nesse Regulamento.

Norte

Rondônia
A etapa estadual da 3ª CNE de Rondônia começa nesta quarta-feira (28/4) e se encerra na próxima sexta-feira (30/4), em Porto Velho. Nos debates estarão presentes 150 delegados, representando 52 municípios de Rondônia, que disputarão 15 vagas para a etapa nacional. Esses delegados foram eleitos nas 11 etapas municipais realizadas no estado nos municípios de Vilhena, Pimenta Bueno, Cacoal, Ji-Paraná, Rolim de Moura, Costa de Marques, Jaru, Ariquemes, Porto Velho, Nova Mamoré, Guajara-Mirim.

Amazonas
O Amazonas foi um dos Estados que mais realizou etapas municipais em preparação para a Etapa Estadual da 3ª Conferência Nacional do Esporte, que será realizada nesta quarta (28/4) e quinta-feira (29/4), na Assembléia Legislativa da capital do Estado, Manaus. Foram mais de 45 etapas municipais cadastradas, que envolveram 90% dos municípios do Estado, superando as expectativas de mobilização estimadas pela Comissão Organizadora local, que previa a participação de 4, 5 mil pessoas, devido às dificuldades de locomoção para as cidades do interior, onde, na maioria delas, o acesso só é permitido via aérea ou fluvial.

Pará
A etapa estadual da conferência está prevista para ocorrer de 3 a 5 de maio, na capital do Pará, Belém.

Tocantins
A Conferência Estadual de Esporte do Tocantins será no dia 3 de maio no Palácio Araguaia, no centro de Palmas.

Acre
A terceira Conferência Estadual do Esporte ocorreu em 22 e 23 de abril em Rio Branco. As propostas apresentadas na conferência estadual foram produzidas durante as Conferências Regionais, realizada nas cinco regionais administrativas do estado, e da 1ª Conferência de Esporte e Lazer de Rio Branco. O objetivo é aprimorar as propostas e selecionar aquelas prioritárias para serem defendidas pela delegação acreana durante a 3ª Conferência Nacional do Esporte. A Conferência Estadual do Esporte tem o papel de eleger 15 pessoas delegadas para representar o Acre, durante a fase nacional da terceira Conferência do Esporte. “Essa articulação dos municípios como o Estado e a oportunidade de discutir nossas necessidades e nossas propostas é algo inovador para nós”, disse o participante Charles Lima, de Rodrigues Alves.

Roraima
A etapa estadual da 3ª Conferência Nacional de Esporte de Roraima ocorrerá no dia 4 de maio no auditório do Palácio da Cultura, em Boa Vista.

Amapá
A etapa estadual ocorreu nos dias 25 e 26 de março, na Faculdade Seama. O evento foi realizado pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel) em Macapá.

Sudeste

Espírito Santo
A Secretaria de Estado de Esportes e Lazer (Sesport) promoveu a III Conferência Estadual de Esportes no último sábado (24/4), no Hotel Praia Sol, em Nova Almeida, Serra. Durante o evento foram eleitos 25 delegados que vão representar o Estado na III Conferência Nacional de Esportes. Cerca de 120 pessoas participaram da conferência capixaba.

São Paulo
A Conferência Estadual está marcada para o dia 10 de maio na capital.

Rio de Janeiro
A etapa estadual ocorre no Estádio do Maracanazinho, localizado na capital do estado, nesta quarta-feira (28/4).

Minas Gerais
Foram alteradas as datas de realização da 3ª Conferência do Esporte Mineiro. Com o novo calendário, o evento foi remarcado para os dias 5, 6 e 7 de maio (antes, dias 22 a 24 de abril), no Minascento, em Belo Horizonte.

Sul

Santa Catarina
A conferência estadual será nos dias 29 e 30 de abril em Joinville.

Rio Grande do Sul
Canoas sediará a etapa estadual da Conferência Nacional, em 7 e 8 de maio, com a participação de mais de mil delegados de todas as regiões do Rio Grande do Sul.

Paraná
A Conferência Estadual será nos dias 4 e 5 de maio em Curitiba. 13 etapas regionais antecederam a etapa estadual: em Guarapuava, Cianorte, Campo Mourão, Maringá, Toledo, Pato Branco, Umuarama, Litoral/UFPR, Londrina, Ponta Grossa, Santo Antônio da Platina, São José dos Pinhais e a etapa municipal de Curitiba.

De São Paulo, Luana Bonone, com informações do Ministério do Esporte e páginas de governos estaduais

terça-feira, 27 de abril de 2010

Sérgio Barroso: A obra de Lênin se volta para o novo






Em entrevista, Sérgio Barroso, diretor de Estudos e Pesquisa da Fundação Maurício Grabois, explica a concepção e os objetivos do Seminário sobre o pensamento de Vladimir Ilitch Lênin, que será realizado no dia 8 de maio de 2010, na cidade de São Paulo.

Deputado classifica como “nazista” campanha do Greenpeace



Especiais do Vermelho

Ao Vermelho, Aldo fala das polêmicas que permeiam o debate das mudanças no Código Florestal e os interesses em jogo. Denuncia a ação anti-nacionalista de algumas ONGs e chama de nazista a campanha do Greenpeace contra ele. A entrevista inaugura a seção Especiais do Vermelho.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Em homenagem a Lênin, FMG publica especial e prepara seminário





Recordando os 140 anos de nascimento de Vladimir Ilitch Ulianov “Lênin”, comemorados no dia 22 de abril, a Fundação Maurício Grabois produziu um especial com artigos tratando da vida e da obra do revolucionário russo que tem influenciado gerações de comunistas por todo o mundo. Além disso, está preparando para o dia 8 de maio, em São Paulo, um seminário aberto a convidados intitulado “Pensar Lenin: aspectos contemporâneos de sua teoria”.

Leia mais: especial

Repórter desmascara blogueira cubana Yoani Sánchez em entrevista


www.vermelho.org.br

25 de Abril de 2010 - 10h44

Ferrenha opositora do regime cubano, a blogueira Yoani Sánchez concedeu uma entrevista ao jornalista francês Salim Lamranium, na qual cai em contradição diversas vezes. Especialista em assuntos relacionados à ilha, ele conseguiu colocá-la contra a parede e expor a fragilidade dos argumentos da cubana.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Por uma representação autêntica e autônoma na Funcef



http://www.achapadosassociados.org.br/index.php?menu=manifesto

A chapa 3 - A CHAPA D@S ASSOCIAD@S - surge a partir da crise de representatividade por que passa o movimento dos/as empregados/as da Caixa nos últimos tempos. Isso tam­bém se reflete na nossa representação junto à Funcef.

A discrepância entre os anseios dos empregados ativos e aposentados e a postura de uma grande parcela de “nos­sas lideranças” têm se acentuado ao pon­to de a Caixa ter conseguido a reabertura do Saldamento — com o claro objetivo de pressionar os colegas que permanece­ram no REG/REPLAN a efetuarem o salda­mento, sob pena de ficarem fora do PFG, prestes a ser apresentado pela empresa — com o VOTO FAVORÁVEL dos diretores eleitos, dos “nossos representantes”.

Assim surgiu a Chapa d@s associad@s. Da indignação que atin­ge a grande maioria dos/as associa­dos/as da Funcef e do desejo de mu­dar esta situação.

Nas próximas semanas estaremos construindo o nosso Programa de Ação e queremos fazê-lo com a sua participação. Ouvindo os anseios, sistematizando pro­postas e dando vez para que os associa­dos tenham voz junto à nossa Fundação.

No entanto, queremos adiantar aqui cinco questões que serão basila­res para o nosso programa:

1) Os eleitos devem representar junto à Funcef EXCLUSIVAMENTE os interesses dos associados, atuando com total AUTONOMIA em relação à direção da Caixa e ao governo, seja ele qual for;

2) Os eleitos devem estar comprometidos com a PROFISSIONALIZAÇÃO e a TRANSPARÊNCIA DA GESTÃO da Funcef, lutando para ampliar e normatizar as conquistas democráticas e mecanismos que permitam uma boa Gestão Corporativa;

3) Os eleitos devem lutar por uma política de investimento clara e transparente para a Fundação, que garanta rentabilidade, segurança e liquidez adequadas, mas que também insira a Funcef em um novo Projeto de Desenvolvimento Nacional, socialmente responsável e ambientalmente sustentável;

4) Os eleitos devem defender com veemência que nenhum associado seja discriminado em função do Plano de Benefício a que esteja vinculado ou por quaisquer outras razões;

5) Os eleitos devem estar plenamente COMPROMETIDOS com as lutas gerais da categoria, a exemplo da Isonomia, das questões do CTVA, da reposição das perdas salariais dos ativos e aposentados, dentre outras.

Nos últimos anos, a luta de todos nós tem conquistado avanços impor­tantes. A paridade na gestão é o maior deles e precisa ser garantida na práti­ca. Não foram dádivas, fruto da boa vontade da Caixa ou do governo como alguns querem fazer aparentar. Foram conquistas de nossa mobilização.

Precisamos ir muito mais adiante. Não concordamos com aqueles que propagandeiam que a Fundação vai a mil maravilhas e que vivemos em um mar de rosas.

Não adianta tentar esconder. A Funcef tem muitos problemas e al­guns deles bastante graves. Vários, in­clusive, ligados às Diretorias ocupadas pelos eleitos.

Destacamos quatro, dentre muitos: O Cadastro; A Tecnologia da Informa­ção (TI); O Atendimento aos Associa­dos e a inexistência de uma política de conseqüências e responsabilização normatizada.

Não temos a mesma estrutura nem os recursos financeiros da chapa da si­tuação, mas faremos a nossa campanha usando principalmente a internet e as redes sociais no intuito de estabelecer um debate franco, aberto e responsá­vel. Para isto, precisamos da sua ajuda. Acesse nosso site, opine, critique, man­de mensagens, imprima nosso mate­rial, coloque-os nos quadros de avisos, distribua-os, ajude financeiramente. A chapa é d@s associad@s e precisa ser sustentada pelos/as associados/as.

A direção da Caixa já tem o direito de indicar os seus representantes. Cabe aos associados elegerem os seus. Aqueles que verdadeiramente lhes representem.

De 26 de abril a 6 de maio, vote 3. Vote na Chapa d@s Associad@s. Por uma Funcef DEMOCRÁTICA, AUTÔNO­MA E TRANSPARENTE.

sábado, 3 de abril de 2010

TV Vermelho: Leci Brandão entra no PC do B













Zé do Caroço - Leci Brandão



Am
Dm
No serviço de auto-falante
Am
Do morro do Pau da Bandeira
F
Quem avisa é o Zé do Caroço
Dm
Que amanhã vai fazer alvoroço
Em
Alertando a favela inteira
Dm
Como eu queria que fosse em mangueira
Am
Que existisse outro Zé do Caroço
F
Pra dizer de uma vez pra esse moço
Dm
Carnaval não é esse colosso
E
Nossa escola é raiz, é madeira
F
Mas é o Morro do Pau da Bandeira
G Am
De uma Vila Isabel verdadeira
F
O Zé do Caroço trabalha
Dm
O Zé do Caroço batalha
Em
E que malha o preço da feira
Dm
E na hora que a televisão brasileira
Am
Distrái toda gente com a sua novela
F
É que o Zé põe a boca no mundo
Dm
Ele faz um discurso profundo
E
Ele quer ver o bem da favela
Dm
Está nascendo um novo líder
F G Am
No morro do Pau da Bandeira
Dm
Está nascendo um novo líder
F G Am
No morro do Pau da Bandeira
Dm
No morro do Pau da Bandeira
Am
No morro do Pau da Bandeira

e e e ê......