quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Embaixador diz que só a pressão política libertará os 5 cubanos - Portal Vermelho

Embaixador diz que só a pressão política libertará os 5 cubanos - Portal Vermelho

O embaixador de Cuba no Brasil, Rafael Zamora, diz que a única solução para a libertação dos cinco presos cubanos nos Estados Unidos será por meio da pressão política ao governo do presidente Barack Obama. Segundo ele, a imprensa e a opinião pública norte-americana ignoram a situação dos presos.

Gerardo Hernández, René González, Ramón Labañino, Antonio Guerrero e Fernando Gonzáles foram presos em 12 de setembro de 1998 naquele país após investigar e denunciar atentados planejados contra Cuba por grupos terroristas sediados em Miami.

Rafael Zamora diz que é preciso ser explorado o aspecto humanitário sob o ponto de vista dos direitos humanos para convencer a opinião pública da necessidade da libertação dos presos.

O embaixador participou nesta quarta (14), na Câmara dos Deputados, de um encontro com deputados e senadores do Grupo Parlamentar Brasil Cuba, que reúne aproximadamente 200 integrantes no Congresso Nacional.

A coordenadora do colegiado, senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), diz que ainda no segundo semestre será realizada uma ampla campanha do Grupo pela libertação dos chamados “cinco heróis” cubanos.

Um abaixo-assinado entre os parlamentares será enviado ao governo norte-americano solicitando permissão para que uma comitiva do Congresso visite o cubano René González, que ganhou a liberdade, mas passará nos Estados Unidos por mais três anos sob liberdade vigiada.

A campanha pela libertação dos cinco será prioridade na agenda do Grupo Parlamentar no próximo ano.

Segundo a coordenadora, o governo dos EUA já recebeu pedidos de reconsideração do caso da Anistia Internacional, parlamentos africanos, latino-americanos, catalão, ucraniano, europeu e russo, entre outros.

“Dez prêmios Nobel também já denunciaram o caso e manifestaram solidariedade aos cubanos. Atualmente o movimento europeu de solidariedade a Cuba faz circular uma petição que prevê um milhão de assinaturas para que o presidente Barack Obama conceda indulto e liberte os Cinco”, lembrou a senadora.

Da Redação