domingo, 16 de outubro de 2011

PC do B sai em defesa de ministro e diz ser vítima de armação

Portal IG - Último Segundo - http://ultimosegundo.ig.com.br

Denúncias sobre recebimento de propina tendem a tensionar ainda mais relação do partido com o governo e o PT

Foto: Futura PressAmpliar
Renato Rabelo disse que o caso todo desperta 'muita estranheza'
O presidente nacional do PC do B, Renato Rabelo, saiu em defesa do ministro do Esporte, Orlando Silva, diante das denúncias sobre suposto recebimento de propina feitas na edição desta semana da revista Veja. Rabelo afirmou que o partido se tornou alvo de uma campanha de ataques a seus representantes que ocupam cargos no governo.
“A única prova é o depoimento de João Dias Ferreira, cuja trajetória é pontuada por ações obscuras. Ele é réu em algumas ações na Justiça. Não sei se agora é revanche. Isso tudo nos causa muita estranheza”, disse Rabelo. 
As denúncias tendem a tensionar ainda mais as relações do PC do B com o governo e o partido da presidenta Dilma Rousseff. Desde o início deste ano, a legenda do ministro do Esporte vem dando sinais de distanciamento em relação ao PT. Rabelo chegou a admitir em entrevista ao iG que enxerga a possibilidade de seu partido romper a aliança tradicional com o partido da presidenta.
As notícias surgem ainda num momento em que os comunistas traçam um plano ambicioso para as eleições municipais do ano que vem. Em julho, Rabelo contou ao iG que o partido trabalha com a previsão de multiplicar por oito o número de candidatos na corrida eleitoral.
*Com informações da Agência Brasil