quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Diretor LGBT da UNE sofre agressão homofóbica em Santo André - Portal Vermelho

Diretor LGBT da UNE sofre agressão homofóbica em Santo André - Portal Vermelho


Na madrugada do último sábado (20), o diretor LGBT da União Nacional dos Estudantes (UNE), Denílson Júnior, sofreu um ataque homofóbico enquanto saía de um bar em Santo André, região metropolitana de São Paulo.


No vídeo abaixo, Denilson Júnior relata a agressão, conta como foi o atendimento do serviço público de saúde e da Polícia Militar, além de orientar como uma vítima de homofobia deve agir.


Segundo o presidente da UNE, Daniel Iliescu, a entidade tomará as medidas judiciais cabíveis para respaldar o diretor da entidade, além de continuar em constante diálogo com a Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT). “Os cidadãos não podem se intimidar com este tipo de crime. A UNE vai continuar a atuar na luta, através de debates dentro das universidades a fim de enfrentar o problema de frente, prezando pela integridade física e moral de todos homossexuais”.


Denilson recebeu também uma nota de solidariedade da Ministra da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, Maria do Rosário, e o presidente da ABGLT, Toni Reis enviou uma mensagem via correio eletrônico: "Denilson, querido, meu carinho e afeto. Toda nossa solidariedade. Registrou B.O. [Boletim de Ocorrência]? Veja o que podemos fazer. A ABGLT está à disposição. Faça um relato. Todo nosso apoio. Toni Reis".


Da redação, Luana Bonone, com informações da UNE