terça-feira, 16 de agosto de 2011

CTB critica veto de Dilma sobre o ganho real dos aposentados - Portal CTB

16/08/2011

A presidente Dilma Rousseff vetou, ontem, um artigo da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2012, que assegurava recursos para os reajustes reais - acima da inflação - para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
Com a decisão, cerca de nove milhões de brasileiros, que recebem o benefício acima do salário mínimo, serão prejudicados. O valor do ganho ainda seria definido com as centrais sindicais e os representantes dos aposentados.
O presidente da CTB, Wagner Gomes, mostrou indignação com o veto da presidenta Dilma, lembrou que os aposentados já sofrem com perdas salariais que chegam a 70%, por conta do reajuste diferente do aplicado ao mínimo, e agora correm o risco de também não terem o reajuste real se for mantida a decisão da presidenta Dilma.
“Precisamos mobilizar a todos os brasileiros, todas as centrais sindicais para derrubar o veto no Congresso Nacional. Não podemos deixar passar esse veto e vamos lutar até o fim”, declarou Wagner Gomes.
Como justificativa para o veto, o governo disse que é impossível garantir os recursos necessários se os percentuais dos reajustes das aposentadorias e pensões ainda não foram definidos. O texto da LDO havia sido aprovado na Câmara e no Senado.
“Mais uma vez a presidente Dilma não cumpre um acordo firmado com as centrais sindicais, frustrando novamente a classe trabalhadora e os quase 10 milhões de aposentados e pensionistas”, lamentou Wagner Gomes.
Celso Jardim – Portal CTB