quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Movimentos sociais realizam em Brasília ato de apoio à Chávez - Portal Vermelho

Movimentos sociais realizam em Brasília ato de apoio à Chávez - Portal Vermelho


Nesta quinta-feira (27), a “Campanha Brasil está com Chávez” promove novo ato-festa em solidariedade ao povo venezuelano e em apoio à eleição de Hugo Chávez, atual presidente da Venezuela. Dessa vez, a atividade será em Brasília (DF), no Teatro dos Bancários, às 19 horas.


O evento, organizado por movimentos sociais e entidades que participam da campanha, vai reunir jovens brasileiros que estiveram recentemente na Venezuela participando do Encontro Internacional da Juventude, que irão compartilhar a experiência vivida no país vizinho por meio de depoimentos e imagens. Além de dirigentes de movimentos sociais e partidos políticos, está prevista a participação do cantor Xangai.

O ato político-cultural também vai exibir vídeos com o depoimento de personalidades brasileiras que apoiam Chávez, como o ex-presidente Lula, o jornalista e escritor Eric Nepomuceno, e o jornalista e professor Denis de Morais.

Para Ismael José César, da Central Única dos Trabalhadores (CUT), a reeleição de Chávez é importante para continuidade das mudanças e dos avanços conquistados pelo povo venezuelano e latino-americano.

“Uma das últimas conquistas foi a criação da Nova Lei Orgânica do Trabalho (LOT), aprovada pelo presidente Hugo Chávez, que contemplou reivindicações históricas da luta dos trabalhadores de todo o continente, como a diminuição da jornada de trabalho”, disse.

Entre dois projetos

No próximo dia 7 de outubro, acontecem eleições presidenciais na Venezuela. Para a campanha, o Brasil tem um papel político importante nessa disputa, uma vez que a direita venezuelana e brasileira buscam impedir a continuidade e aprofundamento da chamada Revolução Bolivariana.

“Não há dúvidas de que nessas eleições estão em disputa dois projetos para os povos latino-americanos, o que dá à vitória de Chávez uma importância continental. Queremos a vitória do projeto que representa a diminuição da pobreza, a democracia participativa e a distribuição de renda”, afirmou Alexandre Conceição, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

É por isso que partidos políticos, organizações sindicais, movimentos sociais e entidades estudantis brasileiras criaram a “Campanha Brasil está com Chávez”, que conta com o apoio do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Partido Socialista Brasileiro (PSB) e Partido dos Trabalhadores (PT); Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), União Nacional dos Estudantes (UNE), Levante Popular da Juventude, Via Campesina, União da Juventude Socialista (UJS), Cebrapaz e Foro de São Paulo; Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e Central Única dos Trabalhadores (CUT), entre outras entidades.

A Campanha também está nas redes sociais:www.facebook.com/brasilcomchavez e no www.twitter.com/brasilcomchavez

Da Redação em Brasília