segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Agenda 25 anos CEPPAC - Globalização, crises e Ciências Sociais - 19-09


Seminário Globalização, crises e Ciências Sociais

19 de setembro de 2012, quarta, 9h-13h
Sala Professor Roberto Cardoso de Oliveira, CEPPAC, UnB.

Moderador: Benício Viero Schmidt (UnB)


Debatedor: Henrique de Oliveira de Castro (UnB)

Doutor e mestre em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Realizou pós-doutorado na École des Hautes Études en Science Sociales (Paris, França) em 2010/2011, estágio doutoral (sanduíche) no Institute for Social Research da Universidade de Michigan em 1999 com o Prof. Ronald Inglehart. Atualmente coordena cinco projetos de pesquisa, dentre os quais se destaca a coordenação no Brasil da Pesquisa Mundial de Valores (World Values Survey), realizada em cerca de 80 países. É professor de metodologia de pesquisa, cultura política e políticas públicas.

Palestrantes:

Danilo Nolasco (UnB)


Doutor em Sociologia pela (UnB) e Mestre em em Sociologia pela Mississippi State University (1979). Pós-doutorado senior pela UNICAMP (2006-2007). Foi pesquisador da EMBRAPA durante 18 anos, é professor do Departamento de Sociologia e do CEPPAC da Universidade de Brasília. Trabalhou na área de Sociologia Rural, atuando principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento rural, assentamentos rurais, ciencia e tecnologia e politica de reforma agraria. Atualmente leciona sociologia do desenvolvimento e sociologia rural. Os trabalhos de pesquisa e interesse acadêmico estão relacionados com teoria do desenvolvimento, avaliação e delineamento de políticas públicas e sociais com concentração nas áreas de trabalho/sindicalismo, desenvolvimento rural, educação, saúde e justiça.

Arno Vogel (UENF)

Doutor em Ciências Humanas (Antropologia Social) (1991), no PPGAS do Departamento de Antropologia do Museu Nacional/UFRJ. Atualmente é Professor Titular de Antropologia do Laboratório de Estudos da Sociedade Civil e do Estado LESCE na UENF. Há cerca de três décadas desenvolve atividades de pesquisa no campo da Antropologia, dedicando-se a discussões em torno da cidade, abrangendo, entre outros temas, movimentos sociais, efeitos das políticas públicas de remodelação urbana; processos de expansão metropolitana, bem como questões relacionadas à infância e adolescência, no meio urbano.

Moisés Balestro (UnB)

Doutor em Ciências Sociais (UnB), mestre em Administração de Empresas pela UFRGS e professor da Universidade de Brasília no Centro de Pesquisa e Pós-graduação sobre as Américas (CEPPAC) e no Programa de Pós-graduação em Agronegócios (PROPAGA). Pesquisador na área de sociologia econômica. Suas áreas de interesse são diversidades do capitalismo, construção de mercados, inovação e desenvolvimento e desenvolvimento rural. É membro da Society for the Advancement of Socio-Economics (SASE), da IberoAmerican Academy of Management, da Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS) e da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural (SOBER). Possui artigos em periódicos e capítulos de livros em temas sobre políticas públicas de emprego, desenvolvimento, inovação e gestão.

Seminário
Estudos Comparados sobre as Américas
Repensando 25 anos de contribuições das Ciências Sociais


19 de setembro, quarta-feira, 14h30-18h
Sala Professor Roberto Cardoso de Oliveira, CEPPAC, Multiuso II, UnB.

Moderador: Moisés Villamil Balestro (UnB)

Debatedor: Dr. Arno Vogel (UENF)


Palestrantes:

Ana Maria Fernandes (UnB)


Mestre em Sociologia pela Universidade de Brasília e doutora em Sociologia pela University of Oxford com Pós-Doutorado no Massachusetts Institute of Technology (MIT), no Programa Science, Technology and Society, em 1995. Prêmio de Melhor Tese de Doutorado, Anpocs (1988). Comendadora da Ordem Nacional do Mérito Científico, em 2002, e membro da Grã-Cruz da ONMC em 2007. Atualmente é pesquisadora associada senior da Universidade de Brasília. Pesquisa sobre os seguintes temas: educação, desenvolvimento científico e tecnológico, pesquisa, tecnologia e inovação.

Lia Zanotta Machado (UnB)

Doutorado em Sociologia pela USP e pós-doutorado na École des Hautes Études en Sciences Sociales (1993/1994). Atualmente é professora titular de Antropologia da Universidade de Brasília. Com ênfase em Teoria Antropológica, atua principalmente nas seguintes áreas: gênero, família, violência, práticas judiciais, estudos feministas, direitos à saúde e antropologia das políticas públicas de gênero, saúde e segurança, tendo também se dedicado aos temas da modernidade latino-americana e às relações entre estado e clientelismo.

Luiz Antonio Constant Rodrigues da Cunha (UFRJ)


Possui graduação em Sociologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1967), mestrado em Planejamento Educacional pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1972) e doutorado em Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1980). Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Sociologia, atuando principalmente nos seguintes temas: politica educacional, educacao brasileira, ensino tecnico, historia da educacao e ensino superior. Desde 2006, a laicidade do Estado constitui seu objeto principal de pesquisa.