sexta-feira, 27 de março de 2015

Propaganda política do PCdoB destaca defesa do mandato de Dilma - Portal Vermelho



Propaganda política do PCdoB destaca defesa do mandato de Dilma - Portal Vermelho
Como ocorre há três décadas, o Partido Comunista do Brasil dirigiu-se nesta quinta-feira (26) ao povo brasileiro em rede nacional de rádio e televisão. A propaganda partidária é uma conquista democrática que está ameaçada de sofrer graves limitações, caso se concretizem os planos de “reforma política” restritiva que estão sendo urdidos na Câmara dos Deputados e no Senado Federal sob a orientação de Eduardo Cunha e Renan Calheiros.




As telas de TV de todo o Brasil não ficaram só azuis,como ocorre quando não há sinal ou quando o usuário do horário gratuito não é capaz de produzir um programa de TV. Mas se tingiram com o Vermelho da luta dos trabalhadores pelo socialismo e o verde e amerelo dos patriotas que batalham pela completa emancipação nacional.


Como sempre, o PCdoB transmitiu com nitidez a sua mensagem, em sintonia com o curso político real. Abordou com frontalidade a principal questão do momento – como enfrentar a situação emergencial em que é brutal a ofensiva das forças reacionárias lideradas pelo PSDB e a mídia privada monopolista contra o mandato constitucional da presidenta Dilma Rousseff, conquistado democraticamente nas últimas eleições presidenciais.

Na peça publicitária com duração de 10 minutos e nas inserções de 30 segundos, os comunistas alertaram a nação para as graves consequências que podem ser acarretadas por tal ofensiva. Estão em jogo as conquistas nacionais e populares alcançadas a duras penas desde 2003, as políticas sociais, a democracia e a posição altiva e soberana do Brasil no mundo.

A mensagem do PCdoB, que completou 93 anos no dia 25 de março, expressou o justo orgulho dos comunistas por participarem na construção do novo Brasil, a convicção de que em meio a contradições e encruzilhadas, o país está no caminho certo da realização de mudanças e reformas democráticas. Mais uma vez o povo teve acesso às ideias do Partido, amadurecido na aplicação de uma orientação tática que leva em conta o nível da correlação de forças e da consciência das massas populares, e não perde de vista o rumo estratégico da luta por transformações estruturais e de fundo na sociedade brasileira.

Acumulando forças no quadro de uma complexa luta política e ideológica, o Partido se reforça ao reafirmar o objetivo programático da conquista do socialismo.

A propaganda política do PCdoB no rádio e na TV deixou claro que a defesa da democracia e do mandato da presidenta Dilma é indissociável da luta pela reforma política democrática, que proíba o financiamento de campanhas eleitorais por empresas, da defesa da Petrobras e da economia nacional, dos direitos e conquistas dos trabalhadores, dos esforços pela retomada do crescimento econômico com distribuição de renda e do combate às desigualdades sociais e regionais.

Participaram do programa de rádio e TV, o presidente do Partido, Renato Rabelo, a vice-presidenta, deputada federal Luciana Santos, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Revelo, a senadora Vanessa Grazziottin, a deputada federal Jandira Feghali, o governador do Maranhão, Flávio Dino, e o presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Adílson Araújo.

A cargo da secretaria nacional de comunicação, dirigida por José Reinaldo Carvalho, a propaganda de televisão e rádio do PCdoB foi produzida pelo publicitário Marcelo Brandão, sob a direção executiva de Eliz Brandão.