terça-feira, 6 de março de 2012

Inácio Arruda diz que "PT precisa abrir espaço para aliados" - PCdoB. O Partido do socialismo.

Inácio Arruda diz que "PT precisa abrir espaço para aliados" - PCdoB. O Partido do socialismo.
O senador Inácio Arruda, pré-candidato do PCdoB à Prefeitura de Fortaleza nas próximas eleições, considera que os partidos da base aliada devem ter liberdade para participar das disputas eleitorais.
O senador Inácio Arruda (PCdoB) acredita que os partidos alinhados com o governo da presidenta Dilma Rousseff não devem se limitar a apoiar candidatos do PT e tem o direito de apresentar candidaturas próprias nas eleições municipais, caso desejem “crescer”. “O PT precisa abrir espaço para os partidos do campo de esquerda”, disse.

“O PT tem a Presidência da República. Isso já é muita coisa”, avaliou o senador em entrevista ao iG. “Se queremos que os partidos da nossa aliança cresçam, é preciso deixar o espaço aberto para que as disputas permitam a presença desses partidos”, apregoou.

Inácio é pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza. A capital cearense é administrada pela prefeita Luizianne Lins (PT). A petista está no segundo mandato. Em 2004, Lins foi eleita após começar uma campanha desacreditada pelo próprio PT, que preferiu apoiar o candidato do PCdoB. Agora, Luizianne trabalha para manter a aliança com o governador Cid Gomes (PSB) e emplacar seu sucessor nas próximas eleições.

Para ele, as eleições municipais são a “melhor oportunidade” para evitar que o PT concentre demais o poder. Inácio disse que Cid Gomes tem essa compreensão e não colocou obstáculos para a candidatura do PCdoB em Fortaleza. “O governador tem plena consciência de que deve deixar os partidos livres para outras opções”.

Enquanto o PT de Fortaleza não chega a um consenso sobre quem será o candidato que irá encabeçar a chapa, o PCdoB tenta atrair partidos aliados para reforçar sua investida na capital. “Temos discutido para que o PMDB possa compor conosco. “A eleição municipal é a oportunidade para os partidos. E ela não pode ser negada a nenhum”.

Fonte: Portal iG