segunda-feira, 26 de março de 2012

Caravana UNE Brasil Mais 10 discute o Brasil que a juventude quer

Caravana UNE Brasil Mais 10 discute o Brasil que a juventude quer
Onde você estará daqui a dez anos? Como será a estrutura social brasileira e quais serão as oportunidades de desenvolvimento para a juventude? Quais serão os avanços e desafios da educação pública e da sustentabilidade ambiental? Essas serão algumas das questões que serão levadas aos diversos estados pela Caravana UNE Brasil +10, promovida pela União Nacional dos Estudantes (UNE), entre 28 de março e 15 de maio. O movimento estudantil espera atingir 50 mil estudantes de todo país.

CaravanaUneBrasil10
É a sexta edição da Caravana da UNE, co-realizada pelo Circuito Universitário de Cultura e Arte (CUCA), da entidade. Serão visitados no total 24 universidades, em 12 estados (Brasília, Porto Alegre, Curitiba, Manaus, Belém, Fortaleza, Natal, Recife, Belo Horizonte, Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo).

Imaginando o Brasil possível em 2022, quando se completam 200 anos da Independência Nacional e 100 anos da Semana de Arte Moderna, a UNE leva uma maratona de atividades com grandes pensadores, cientistas, artistas, políticos e militantes do movimento social para debater e construir, junto aos estudantes, idéias e soluções para a próxima década. Entre eles o cientista Miguel Nicolelis, o escritor Fernando Moraes, o cineasta Silvio Tendler e o físico Ênio Candotti. As discussões vão girar em torno de quatro eixos: educação, desenvolvimento, justiça social e justiça ambiental.

Entre os objetivos da Caravana está a produção de um diagnóstico participativo, junto a jovens de diferentes estados e realidades, que possa contribuir no debate e formulação de políticas públicas, ações do movimento social ou do terceiro setor para o desenvolvimento do Brasil nos próximos dez anos. O resultado servirá de base para o Projeto “UNE Brasil Cidades 2012”, uma plataforma de reivindicações do movimento estudantil brasileiro a ser entregue para os candidatos a prefeito nas eleições do segundo semestre.

Acompanhe a Caravana:

28/03 – Brasília (DF): UNB
29/03 –Brasília (DF): UCB
03/04 – Porto Alegre (RS) UFRGS / PUC-RS
10/04 – Curitiba (PR): UFPR / PUC-PR
13/04 – Manaus (AM): UFAM / UNINORTE
16/04 – Belém (PA): UNAMA
17/04 – Belém (PA): UFPA
19/04 – Fortaleza (CE): Faculdades Integradas do Ceará (FIC)
20 /04 – Fortaleza (CE): UFC
23/04 - Natal (RN): UNP
24/04 – Natal (RN): UFRN
26/04 – Recife (PE): UNICAP
27/04 – Recife (PE): UFPE
03/05 – Belo Horizonte (MG): UFMG / PUC-MINAS
07/05 – Salvador (BA): Centro Universitário Jorge Amado (FJA)
08 /05 – Salvador (BA): UFBA
11/05 – Rio de Janeiro (RJ): UFRJ
12/05 – Rio de Janeiro (RJ): Universidade Castelo Branco (UCB)
15 /05 – São Paulo (SP): UNIP / USP

Atividades

Em cada uma das universidades, logo pela manhã, acontece um cortejo cultural, formado por atores e músicos, passando pelos corredores e convidando para o “Aulão Brasil+10”, uma grande aula referência, ministrada por personalidades brasileiras convidadas, sobre o tema Brasil+10. Depois, a mobilização estudantil estará voltada para as questões locais da universidade. A equipe da UNE fará reuniões com as entidades estudantis e representantes das instituições para debater as questões educacionais concretas enfrentadas em cada uma delas.

No final da tarde, o Cuca da UNE realizará uma reunião envolvendo estudantes e artistas locais. Ainda durante à tarde, acontecerá nas universidades privadas o Encontro do Prouni, que tem como objetivo analisar os resultados do programa de bolsas do Ministério da Educação, levantando seus problemas e virtudes, sistematizando-os na busca de aprimoramentos através das opiniões dos jovens beneficiados.

UNE 75 Anos

No próximo dia 11 de agosto, a UNE completa 75 anos de lutas e protagonismo nos principais episódios da vida do Brasil. Sendo, simultaneamente, o mais antigo e mais renovado movimento social do país, a entidade foi fundada em 1937, em meio à luta dos estudantes contra o nazi-fascismo no Brasil. O movimento estudantil marcou presença combatendo a ditadura do Estado Novo, na luta pelo desenvolvimento com a campanha “O Petróleo é Nosso” e nos turbulentos anos 60 e 70, quando a UNE e os estudantes foram perseguidos, torturados e mortos pela ditadura militar. Além disso, a UNE teve participação histórica em outros episódios como na campanha “Diretas Já”, na ação dos “cara-pintadas” durante a campanha “Fora Collor” e na resistência às privatizações e ao neoliberalismo que marcaram a era do presidente FHC.

Histórico das Caravanas da UNE

Em 1962, pela primeira vez em sua história, a UNE pôs o pé na estrada com a realização da UNE-Volante, mobilizada na rede da legalidade, movimento vitorioso que garantiu a posse do presidente João Goulart. Em 1963, reforçando as conquistas dessa experiência, foi realizada a segunda edição da UNE-Volante, congregando jovens artistas e universitários em busca de conhecer e integrar o Brasil. No entanto, essas experiências foram interrompidas pela ditadura.

Em 2004, a UNE conseguiu retomar os projetos das caravanas. Uma equipe de atores, produtores, documentaristas, artistas e estudantes embarcaram a bordo de um ônibus para mais um jornada, desta vez, chamada de Caravana UNE pelo Brasil, percorrendo 25 cidades brasileiras, sendo 18 capitais, passando por 31 instituições de ensino, nas cinco regiões do país. Ainda em 2004, foi realizada a Caravana Universitária de Cultura e Arte Paschoal Carlos Magno, o nome foi uma homenagem ao poeta e romancista criador do Teatro dos Estudantes.
No segundo semestre de 2008, a UNE apostou na diversificação dos temas das caravanas em um projeto ousado, a Caravana Saúde, Educação e Cultura. Em parceria com o Ministério da Saúde, o projeto passou pelos 26 estados, mais o Distrito Federal, a bordo de um ônibus.

Cuca

O Circuito Universitário de Cultura e Arte da UNE (Cuca) é um projeto de continuidade das iniciativas culturais da entidade dentro das universidades brasileiras. Trata-se de uma rede com núcleos em 15 estados brasileiros (São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Brasília, Amazonas, Piauí, Bahia, Ceará, Paraíba, Mato Grosso, Maranhão, Roraima, Rio Grande do Norte e Pernambuco), que promove ações em diversas linguagens como audiovisual,artes plásticas, literatura, teatro e música.

Fonte: UNE