terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Lugo quer aprovação da entrada da Venezuela no Mercosul - Portal Vermelho

Lugo quer aprovação da entrada da Venezuela no Mercosul - Portal Vermelho

Projeto esbarra no Senado paraguaio, onde por duas vezes teve de ser retirado de pauta para não ser reprovado


Fernando Lugo

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, insistirá para que o Congresso de seu país aceite a entrada da Venezuela como sócia-plena do Mercosul, segundo afirmou na segunda-feira (02/01) o assessor jurídico da Presidência, Emilio Camacho.

O Poder Executivo já apresentou, duas vezes, o protocolo de adesão ao Congresso, mas teve de retira-lo diante da iminência de ser reprovado. Isso porque, uma vez recusado pelo Legislativo, encerra-se a possibilidade de ingresso da Venezuela ao bloco.

"Enquanto o Paraguai for membro do Mercosul, periodicamente terá que fazer a solicitação", disse Camacho, reiterando que a posição do governo Lugo é de que "a Venezuela faça parte do Mercosul".

O assessor jurídico ainda considerou que "é um erro político de relevância o Congresso não ter acordo" e crê que é uma pequena maioria que freia essa aprovação.

Para ele, se o ingresso da Venezuela dependesse do fato do país ser "mais ou menos democrático", a nação também seria excluída de outros organismos como Unasul (União das Nações Sul-Americanas), ONU (Organização das Nações Unidas) e OEA (Organização dos Estados Americanos).

O Congresso paraguaio é o único entre os Legislativos dos outros países-membros (Argentina, Brasil e Uruguai) que, até agora, não aceitou o protocolo de adesão