quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Sírios limpam Alepo de bandos terroristas - Portal Vermelho

Sírios limpam Alepo de bandos terroristas - Portal Vermelho

A Forças Armadas da Síria conseguiram expulsar de Alepo os bandos terroristas que assolam o país há mais de 14 meses. Os bandos realizaram centenas de atentados contra instalações militares e civis na cidade do norte da Síria.
Uma fonte anônima disse que a estimativa era de que havia 10 mil mercenários de várias nacionalidades entre os terroristas. Paulatinamente o governo recuperou o controle de posições em bairros da cidade

Depois de violentos confrontos nos últimos dias, forças governamentais cortaram as vias de abastecimento dos grupos armados que se infiltraram nas áreas da segunda maior cidade e coração econômico do país.

Na tarde de segunda-feira foi registrada a destruição de quatro veículos de transporte blindados em áreas próximas à cidade, entre as localidades de Darat Azza e Kabtan al-Yabl, ao mesmo tempo que foi apreendido um caminhão que se deslocava no rumo de Alepo, na região de Orom al-Kubra, carregado com artefatos explosivos e detonadores controlados por controle remoto.

Na ofensiva também foram restabelecidos o controle sobre várias áreas do bairro de Al-Karabis, em Homs, a 162 quilômetros ao norte de Damasco, em que morreram vários terroristas.

Durante as operações de limpeza foram descobertos vários túneis utilizados pelos terroristas para transportar armas e equipamentos de um ponto a outro.

Na localidade de Deir Zor, no nordeste do país, o exército sírio derrotou terroristas no bairro de Ybiele. Foram registradas numerosas perdas entre os mercenários, entre elas estavam duas picapes equipadas com metralhadoras PKC, amplamente utilizadas no golpe na Líbia.

Na província de Idleb, a 320 quilômetros da capital, forças do Exército realizaram várias operações de desmantelamento de esconderijos de terroristas em Bekfaloun e Felioun, causando perda de homens e armamentos aos mercenários.

Uma fonte do governo afirmou que foram encontrados medicamentos, materiais para a fabricação de explosivos, foguetes, substâncias químicas, placas falsas, diversas armas, lançadores de foguetes antitanque e grande quantidade de artefatos explosivos.

O governo também divulgou que unidades sírias prosseguem a luta nos arredores de Damasco e, nesta segunda-feira (30), conseguiram liquidar vários focos de grupos armados nas zonas de Harasta, nas cercanias da capital.

Também na província de Hasaka, situada a mais de 700 km da capital, no nordeste do país, unidades governamentais agiram contra grupos armadas nos povoados de Ghassan, Rabia'a e a al-Fustat, na zona rural de Qamishli, próximo à fronteira com Turquia.

Segundo a agência de imprensa turca Anatólia, as autoridades de Ancara prosseguem o reforço de sua presença militar na fronteira com a Síria para onde foram deslocadas baterias de mísseis, tanques e veículos de combate de infantaria.

Fonte: Prensa Latina