quarta-feira, 1 de julho de 2015

Vereadora do PCdoB sofre agressão em Porto Alegre - Portal Vermelho





Nos últimos meses parece que se tornou comum parlamentares partirem para a agressão quando suas posições são contrariadas. Nesta quarta-feira (24), durante sessão na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, a parlamentar comunista Jussara Cony foi agredida, física e verbalmente, pelo vereador Nereu D'Ávila (PDT) durante debate em torno do Plano Municipal de Educação.


Não faz muito tempo, o Brasil assistiu a uma cena igual na Câmara dos Deputados, em Brasília. Na ocasião, a vítima foi a líder do PCdoB na Casa, deputada Jandira Feghali (RJ). Durante votação, os deputados Roberto Freire (PPS-PE) e Alberto Fraga (DEM-DF) agrediram física e verbalmente a parlamentar. 

Em declaração à imprensa, Jussara Cony afirmou que a agressão reflete o avanço do pensamento conservador, mais saliente nestes últimos meses. A ação do deputado, destacou a comunista, é um exemplo do quanto a questão de gênero deve ser discutida.

“Determinados homens materializam o preconceito que é uma constante na nossa sociedade. Na relação de gênero, foi uma mulher que ele empurrou, e que estava cumprindo uma tarefa que foi pedida pela mesa”, disse a vereadora do PCdoB.

Ainda durante a entrevista, Jussara informou que irá até a Procuradoria da Mulher na Câmara dos Vereadores, que ainda está sendo composta, para que sejam tomadas as devidas providências.

Em nota, a Direção Municipal e a Bancada do PCdoB na Câmara Municipal de Porto Alegre considerou "inaceitável a agressão sofrida pela vereadora Jussara Cony, praticada pelo vereador Nereu d´Ávila (PDT)". A nota ainda indica que "o PCdoB almeja construir uma sociedade sem preconceitos e discriminação de qualquer natureza e não pode compactuar com qualquer postura de intolerância e antidemocrática".

TV Vermelho exibe aqui as imagens da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, que mostram a truculência do parlamentar contra a vereadora comunista.



Leia abaixo a íntegra da nota do Partido:
 
Nota de Solidariedade à vereadora Jussara Cony

A Direção Municipal e a Bancada do PCdoB na Câmara Municipal de Porto Alegre consideram inaceitável a agressão sofrida pela vereadora Jussara Cony, praticada pelo vereador Nereu d´Ávila (PDT), na noite da última quarta (24), quando a Câmara Municipal debatia e votava o Plano Municipal de Educação.

Somos solidários à Jussara, líder do nosso partido e da Oposição na Câmara de Vereadores. Não toleramos que haja qualquer tipo de violência contra a mulher, nem na Câmara, nem em qualquer outro ambiente. A agressão sofrida pela vereadora Jussara Cony reflete a incompreensão de alguns homens sobre a divisão do espaço de poder, que usam da força física para impor sua opinião.

A Comissão de Ética da Câmara e a Procuradoria Especial da Mulher estão chamadas a dar resposta à sociedade, para que episódios como este nunca mais se repitam. Não é possível que conservadores tentem se impor e calar o debate democrático através da violência, seja ela física ou verbal.

O PCdoB almeja construir uma sociedade sem preconceitos e discriminação de qualquer natureza e não pode compactuar com qualquer postura de intolerância e
Do Portal Vermelho,
Joanne Mota