segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Maduro: “Na Venezuela vai prevalecer a paz e o socialismo” - Portal Vermelho



Maduro: “Na Venezuela vai prevalecer a paz e o socialismo” - Portal Vermelho
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, manifestou que o governo nacional junto ao povo venezuelano continuará a defesa da pátria diante da agressão e das ações desestabilizadoras da direita.



AVNMaduro chamou o povo a ficar alerta diante daqueles que pretendem impor na Venezuela os planos preparados pelo império.

“É tempo de lealdade, tempo de amor e de combates. Vamos combater no cenário que se apresentar diante de nós para defender o direito à pátria de nossos filhos, de nossos netos e o legado do comandante Hugo Chávez. Na Venezuela vai prevalecer a paz e o socialismo, não vai haver império que nos atemorize e nos encurrale, disse o chefe de Estado em um contato telefônico com o programa La Hojilla, conduzido por Mário Silva, na Venezuelana de Televisão.

O presidente Maduro chamou o povo a ficar alerta diante daqueles que, sob a máscara da traição pretendem impor na Venezuela os planos preparados pelo império.

O presidente advertiu que o império aposta na traição para alcançar seus interesses, que não são outros senão dominar e oprimir os povos, e apossar-se das riquezas dos venezuelanos.

Em 12 de fevereiro, o mandatário denunciou que a extrema direita tinha previsto ativar um novo intento de golpe de Estado contra o governo legítimo e o povo da Venezuela, no qual está envolvido um reduzido grupo de oficiais da Força Aérea e civis, com o respaldo do governo dos Estados Unidos, ação que foi totalmente desarticulada.

“O imperialismo aposta na traição para que se imponha a dominação, mas nós rompemos o malefício da traição”, ressaltou.

O chefe de Estado recordou que por trás de cada traição se produziu uma dominação imperial e da oligarquia. “Veio o saque do país, veio a miséria, veio o desprezo ao povo durante décadas e séculos, assinalou”.

Maduro indicou que diante destas ações lideradas pela extrema direita nacional e internacional, só a lealdade manterá o povo vitorioso.

“Só a lealdade, originária e original de nosso comandante (Hugo) Chávez ao projeto bolivariano e de nossa parte para com Chávez, é que nos dará a prosperidade, a felicidade e fará com que a pátria siga seu rumo”.

Encontro com Fidel

A página do jornal cubano Granma na internet, órgão do Partido Comunista, informou na última sexta-feira (20) que o presidente venezuelano esteve em Cuba durante a semana, onde manteve contatos com o líder histórico da revolução, Fidel Castro e o presidente da República, Raúl Castro.

“Estive em Cuba (…) Aproveitei que era terça-feira de carnaval e visitei o comandante Fidel Castro Ruz, que manda uma saudação a todo o povo da Venezuela”, disse Maduro em um comunicado transmitido pela televisão.

Maduro contou que sua conversação com Fidel Castro se concentrou em temas de interesse mundial. “Conversamos sobre o mundo, sobre a paz, sobre a mudança climática, conversamos sobre muitos temas”.

Com Agência Venezuelana de Notícias e Granma