domingo, 6 de setembro de 2015

Luciana Santos: lista do DIAP tem 7 dos 14 parlamentares do PCdoB como "cabeças" do Congresso - PCdoB. O Partido do socialismo



- PCdoB. O Partido do socialismo.

O Diap divulgou uma lista com os 100 parlamentares mais influentes no Congresso Nacional na última segunda-feira (31). Além da presidenta do PCdoB, deputada Luciana Santos (PE), estão entre os “Cabeças”, os deputados Daniel Almeida (BA), Orlando Silva (SP), Alice Portugal (BA) e a líder do partido na Câmara, Jandira Feghali (RJ). A representante do PCdoB no Senado, Vanessa Grazziotin (AM) compõe a lista. A deputada Jô Moraes (MG) está na lista dos parlamentares em ascensão.

Por Eliz Brandão
Foto: Richard Silva/PCdoB na Câmara

Sobre o PCdoB estar entre os "cabeças" do Diap: Atribuo às nossas ideias por fazer valer o interesse nacional.

Com uma bancada de 13 deputados e uma senadora, o PCdoB é o quinto partido entre os mais influentes do Congresso Nacional. O terceiro da base do governo, ficando atrás apenas do PT, com 24 nomes e, o PMDB, com 12 parlamentares.

Para a presidenta do PCdoB, Luciana Santos, o destaque é reflexo de uma atuação protagonista dos comunistas junto aos interesses do povo. “Nossa bancada, como dizia Castro Alves, é pequena, mas tem o olhar nos Andes. Isso reflete muito na nossa política, nossa justeza de comportamento. Nós atuamos pautados pelo interesse nacional e isso faz diferença”, avalia.

Sobre o destaque da sua atuação parlamentar, Luciana disse que recebe a notícia como “um grande aprendizado”. O PCdoB é um partido que tem uma bancada pequena, explica, no entanto sempre foi muito influente no Congresso. Nós já tivemos uma situação em que tínhamos doze parlamentares e elegemos o presidente da Casa, o nosso atual ministro Aldo Rebelo”, conta.

“A amplitude com que nós tratamos as questões políticas e a lealdade, a coerência com que temos tratado as nossas relações nos credencia cada vez mais para termos respeito e respaldo”.

A dirigente avalia como positiva a atuação dos comunistas no Congresso. “Basta dizer que dos nossos 13 parlamentares, 5 são considerados entre os 100 mais influentes. Nós temos a quinta bancada mais influente do Congresso Nacional. Isso atribuo às nossas ideias e a nossa amplitude para poder fazer valer o interesse nacional”, analisa.

Participação feminina

Entre os 100 parlamentares que comandam o processo decisório no Congresso, 62 são deputados e 38 são senadores. Já a bancada feminina, que representa 10.77% do Congresso (51 deputadas e 13 senadoras), corresponde a 12% da lista (6 deputadas e 6 senadoras). A presença feminina entre os “Cabeças” 2015 do Congresso, em termos proporcionais, pela primeira vez, é maior que a participação total da mulher no Legislativo Federal.

Destaque

No estudo, o Diap leva em consideração aqueles parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais pelos atributos que caracterizam um protagonista do processo legislativo. Ou seja, quem tem a “capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações, seja pelo saber, senso de oportunidade, eficiência na leitura da realidade, que é dinâmica, e, principalmente, facilidade para conceber ideias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate, liderando sua repercussão e tomada de decisão”.

A pesquisa corresponde ao período de fevereiro a julho de 2015 e inclui os parlamentares que estavam no efetivo exercício do mandato no período de avaliação.

Para acessar a lista do Diap completa.