quarta-feira, 27 de março de 2013

Vídeos: Dilma enfrenta apostadores e mentirosos em defesa do desenvolvimento. Povo na Rua em defesa do emprego, da educação e dos direitos da Juventude! Paulo Vinícius Silva

Um fato político importante ocorreu nesse dia 27 de fevereiro, protagonizado pela Presidenta da República Dilma Roussef que honra o Brasil. Dilma denunciou a manipulação do conluio entre especuladores e a imprensa a eles associada que promovem um ataque especulativo e sabotam a economia brasileira.

Este conluio se expressou claramente na ferocidade com que nos últimos dias o Partido da Imprensa Golpista vendeu o terrorismo da inflação. Por que? Revolta diante da queda dos juros da taxa SELIC, que explode no bolso do povo com o aumento dos juros em todo o crédito (cartões, prestações, empréstimos para as pessoas físicas e as empresas). Mas significa MUITO dinheiro no bolso dos especuladores e seus aliados. Então, o terrorismo inflacionário é uma pressão do mercado financeiro com a mídia associada para CHANTAGEAR o governo e o país.

Dilma desmonta tese de inflação e defende desenvolvimento



Dilma foi firme. Depois da 3ª Marcha das Centrais Sindicais com 50 mil em Brasília, e no meio da |Jornada Lutas da Juventude, a Presidenta enfrentou a ganância dos parasitas e dos mentirosos que sabotam o Brasil. Enfurecidos, eles revidaram, num ataque especulativo durante o dia para punir a economia brasileira.
E Dilma orgulhou os brasileiros e brasileiras que trabalham e produzem. Orgulhou toda a população que é penalizada pelos juros. A Juventude, que não tem seu Estatuto aprovado, porque dizem que não tem dinheiro. Os funcionários públicos e da iniciativa privada, que são penalizados pelo baixo crescimento da economia e por não haver dinheiro para os rejustes justos que valorizem o trabalho. Os estudantes, a juventude negra e das periferias, em especial os mais pobres, são penalizados pela negativa e demora de aprovar os 10% do PIB para a Educação, os 10% do PIB para a saúde, porque o dinheiro, vai para os que compram os títulos públicos valorizados com o aumento dos juros.
Dilma disse não! E denunciou a MANIPULAÇÃO. Chamou, na cara, de MANIPULADORES, os que mentem, os que atacam a economia brasileira como parasitas-predadores que são.

Dilma: "Eu só repudio manipulação de fala"!

O povo é chamado a apoiar essa coragem, e a exigir as Reformas Estruturais que porão os brasileiros e brasileiras em primeiro lugar, a produção e o trabalho em primeiro lugar, e não os especuladores que vampirizam o Brasil. São sucessivos atos de sabotagem da economia: mentiras sobre crise energética, terrorismo inflacionário, ataques especulativos, campanha contra a Petrobrás etc etc. Há uma verdadeira luta em que, de um lado, o Brasil luta para crescer e distribuir renda, e do outro a oligarquia financeira querendo privilégios e lucro fácil. E o Brasil, além de mais forte, está agora com uma grande aliança, que nos dá mais força para enfrentar a crise e para lutar pelo emprego. É preciso dar um basta à manipulação!
Terça-feira, 02 de abril, Brasília e Aracaju, dia 04/04, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, 11/04, Salvador e Maceió, serão as capitais na Marcha da Jornadas de Luta da Juventude Brasileira. Na quarta-feira (03/04) o Estatuto da Juventude será votado na Comissão de Assuntos Sociais do Senado. Precisamos aproveitar a chance e, combatendo a agenda dos especuladores, defender os recursos para investir na juventude, na educação, na saúde e no investimento! É aí que reside o principal obstáculo!
O povo e a juventude tem de sair às ruas, os blogueiros(as) e a imprensa alternativa tem de denunciar! Há uma a queda de braço em curso que não pode ser ganha pelos especuladores e os mentirosos, é preciso que ganhe quem trabalha, quem produz e a juventude que estuda e trabalha! Vamos todos dar uma resposta nas ruas, politizando o debate, mostrando fatos inegáveis, com palavras de ordem que esclareçam o povo do que está em jogo:
  • Menos Juros! Mais Educação!
  • Com Juros altos, o Brasil é que paga a conta!
  • Juros Não! Estatuto da Juventude Sim!
  • O dinheiro do brasileiro vai pro bolso do banqueiro!
  • Menos Juros! Mais Empregos!
  • Menos Juros! Mais Investimentos!
  • 10% do PIB para a Educação! Juros, Não!
  • 10% do PIB para a Saúde!
  • Dilma, coragem! Juros Não!
  • Com Produção se Combate a Inflação!
  • Com Juros altos a Juventude não tem Futuro!
  • Menos Juros! Mais Reforma Agrária!
  • Menos Juros! 40 Horas Semanais!
  • Menos Juros e mais crédito para a agricultura familiar!