quinta-feira, 23 de junho de 2011

I Encontro da Juventude da CTB da Paraíba


A Executiva Nacional da CTB deliberou por uma série de iniciativas para o fortalecimento da estruturação da juventude trabalhadora nos Estados, o que tem motivado várias inicativas de organização dos coletivos de juventude da CTB por todo o país. O I Encontro da Juventude da CTB da Paraíba é uma parte dessas respostas à demanda pela maior organização e protagonismo da juventude. Abraçada pelo presidente estadual da CTB, José Gonçalves, a atividade teve ampla resposta da juventude sindicalista da Paraíba e foi coroada de êxito.

 Reunindo cerca de 80 jovens de todo o Estado no dia 18 de junho, na cidade de Patos, na Associação Comercial do município. Contou com a presença da diretora da UBES e Presidenta da AESPB, Marília França e de Marcelo Lima, Presidente da UJS da Paraíba, que saudaram a iniciativa e a mobilização dos municípios que acorreram ao evento e se colocaram à disposição para o trabalho conjunto com a CTB.

No centro das preocupações da juventude trabalhadora paraibana, a luta para fazer avançar politicamente o Estado, assim como as carências da juventude, especialmente políticas públicas para enfrentar o desemprego e a pobreza. A forte presença da juventude rural e mesmo indígena, trouxe a preocupação em assegurar condições mínimas à sucessão rural e ao desenvolvimento da pequena propriedade agrícola.

O evento foi amplamente noticiado pelas rádios da região e do Estado. O público, majoritariamente até 25 anos, teve como categorias fundamentais os trabalhadores rurais, os servidores públicos municipais de diferentes partes do Estado e professores, entre outros. A dinâmica de abertura contou com a voz e o violão da servidora municipal de Patos, a jovem Adriana. Após a abertura, em que José Gonçalves, presidente da CTB-PB abordou o fortalecimento da central no Estado e o papel da juventude, Paulo Vinícius, o Secretário Nacional de Juventude da CTB interveio, abordando o trabalho de fortalecimento dos coletivos estaduais no caminho da I Plenária Nacional da Juventude Trabalhadora da CTB, a se realizar na noite do dia 12 e durante todo o dia 13 de dezembro, em Brasília, ao final da II Conferência Nacional de Juventude.
Reunião de um dos grupos de discussão do I Encontro

Para o Secretário, o mais importante é dar vida aos coletivos, que precisam se reunir regularmente para contribuir com o fortalecimento da CTB no Estado. Essa convivência é essencial para refletir sobre a organização da juventude, planejar e conduzir nossa participação na II Conferência Nacional de Juventude, interferir com a contribuição dos trabalhadores para o debate das PPJ. Na opinião da juventude da CTB, o êxito das PPJ depende da efetivação de um Projeto Nacional de Desenvolvimento com Valorização do Trabalho. Dado o peso da juventude na População Economicamente Ativa, as PPJ podem ser peça-chave para desenhar o perfil do desenvolvimento brasileiro. Daí a necessidade de a classe trabalhadora intervir no debate.

Os grupos de discussão debateram três questões quanto à organização da juventude da CTB paraibana: 1) Como fazer um trabalho estadual da juventude da CTB? 2) Como fortalecer a relação entre urbano e rural através da juventude da CTB? 3) Como a juventude da CTB deve se lançar no relacionamento com as outras juventudes da Paraíba?
José Gonçalves, presidente da CTB da Paraíba, fala no encerramento do I Encontro da Juventude

Com base no debate, o Encontro deliberou por um calendário de atividades e pela divisão de algumas responsabilidades no interior de um coletivo com treze membros, representando todo o Estado, e com planejamento previsto já para o mês de agosto. Entre as responsabilidades, a organização, as finanças, a comunicação e a relação com a II Conferência de Juventude foram definidas como prioritárias para o êxito das resoluções do Encontro.