sexta-feira, 23 de novembro de 2012

PIT-CNT organiza greve geral no Uruguai para aprofundar mudanças no país

PIT-CNT organiza greve geral no Uruguai para aprofundar mudanças no país


pit-cnt

O Plenário Intersindical de Trabalhadores e Convenção Nacional de Trabalhadores (PIT-CNT), organização uruguaia que faz parte da direção do Encontro Sindical Nossa América (ESNA), convocou para esta quinta-feira (22), em diversas regiões do país, uma greve geral parcial, com a duração de quatro horas, com o propósito de aprofundar as mudanças sociais em curso na nação.

Entre os lemas da paralisação, destaca-se o que diz "nós, trabalhadores, retomamos a iniciativa e a ofensiva", enquanto a convocatória estabelece que, com ideias, programa e ações dos trabalhadores, "estamos comprometidos com que nosso país trilhe o caminho até mudanças mais profundas". O texto fala ainda que "vamos colocar no centro do debate tanto a discussão programática de longo prazo, quanto a fase de concretizações que anseiam os uruguaios".

Nesse sentido, os líderes da central sindical confirmaram que, no dia 29 de novembro, terão uma reunião de trabalho com o presidente José Mujica para trocar opiniões sobre as propostas do movimento sindical.

Várias federações de trabalhadores do país, como a de professores secundários e a de saúde, se somaram à iniciativa do PIT-CNT. Entre 9h e 13h, foram contabilizados atos em diversas regiões do Uruguai.

Durante os atos, os trabalhadores enumeraram diversas demandas e ações nas áreas de habitação, educação pública, saúde e reforma tributária, entre outras, apontando para a necessidade de uma maior distribuição da riqueza no país.
Com agências