segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Defesa da privatização é falsa polêmica da direita, diz Haroldo - Portal Vermelho



Defesa da privatização é falsa polêmica da direita, diz Haroldo - Portal Vermelho
Ao longo das últimas semanas assistimos, ouvimos e lemos diversas opiniões – um tanto quanto desesperadas e golpistas –, alardeadas pela imprensa conservadora, sobre o leilão de Libra. Ficou claro que a pauta do leilão extrapolou a coerência jornalística dos mais "reconhecidos profissionais" e se converteu em uma batalha política televisionada para o mundo.

Joanne Mota, da Rádio Vermelho em São Paulo



Em ampla entrevista concedida à Rádio Vermelho, Haroldo Lima, ex-diretor geral da Agência Nacional de Petróleo (ANP) e membro do Comitê Central do PCdoB, avaliou o resultado do leilão e sinalizou o que está por trás do "shownalismo" empreendido pela oposição conservadora, através dos meios de comunicação.

Logo de início o ex-diretor da ANP, que acompanhou todo o processo em torno de Libra, afirmou que os resultados finais são positivos. Segundo Haroldo, o sistema de partilha aplicado em Libra é um sistema que terá uma operadora única: a Petrobras.


Veja também:
Libra se converterá em “um potencial excepcional", afirmou Lula
Aécio e Serra criticam partilha e defendem interesse estrangeiro


“Não houve privatização. Isso é retórica usada indevidamente. E muitas vezes usada irresponsavelmente por setores que objetivam anuviar o debate e brecar o desenvolvimento da nação.” Ele acrescenta: “Sinto que no Brasil se criou uma onda de medo de se desenvolver o país, mas estamos empenhados em vencer essa onda e avançar na mudanças".

Haroldo afirma que o grupo que está no leme da grande nau Brasil tem um único objetivo, fazer a nação avançar. “Nosso enorme empenho é para desenvolver o nosso país, para desenvolver a capacidade produtiva do Brasil. Com um foco central, a distribuição de renda e a consequente diminuição das desigualdades. É deste lado que lutamos.”

Sobre a argumentação de que era preciso adiar o leilão, Haroldo destacou que "o campo de Libra já havia sido descoberto há 7 anos. Então estamos atrasados. A proposta em curso é iniciar uma exploração arrojada sem perder de vista a concepção de um sistema que guarneça os interesses a soberania nacional".

Acompanhe a íntegra da entrevista na Rádio Vermelho:

Haroldo Lima debate Leilão de Libra

Download da entrevista: