domingo, 31 de maio de 2015

Renato: PCdoB se concentrou em derrotar o financiamento empresarial - PCdoB. O Partido do socialismo.



Renato: PCdoB se concentrou em derrotar o financiamento empresarial - PCdoB. O Partido do socialismo.O presidente nacional do PCdoB, Renato Rabelo, emitiu nesta quarta-feira (27), nota em nome do Partido sobre os votos da bancada comunista na primeira sessão deliberativa sobre a Reforma Política da Câmara dos Deputados, na última terça feira (26).
Eder Bruno

Renato Rabelo

Leia abaixo a íntegra da nota:

A presidência do PCdoB parabeniza e enaltece a posição da bancada comunista na Câmara dos Deputados, que após detido debate junto à presidência do Partido, acerca da verdadeira prioridade fixada por poderosos grupos políticos na primeira fase de votação da Reforma Política, se empenhou de forma unitária em defender as posições e compromissos assumidos pelo PCdoB.

O PCdoB identificou que o principal objetivo desses grupos políticos era constitucionalizar o financiamento empresarial de campanhas. Diante disto, se concentrou na tarefa de derrotar essa proposta, fato que foi alcançado. Manteve-se, assim, fiel ao compromisso assumido perante ao povo e às forças progressistas na luta contra a corrupção, originada em grande medida através dessa prática de financiamento.

Também reafirmou a posição básica dos comunistas, votando no sistema proporcional de lista partidária.

Entretanto, além de tentar garantir a constitucionalidade do financiamento empresarial, outro objetivo perseguido por estes grupos tem sido instituir a cláusula de barreira e impedir alianças partidárias nas eleições ao parlamento. Medidas restritivas e nocivas ao princípio constitucional do pluralismo político e partidário.

Para combater essa ameaça de retrocesso, a Presidência do Partido e a Bancada firmaram um acordo pelo qual o PCdoB votaria a favor do Distritão, tendo como contrapartida impedir a aprovação das medidas restritivas e, com isso, defender a sobrevivência no Parlamento não apenas do PCdoB, mas de todos os partidos de matrizes ideológicas e que possuem profunda relação com a representação popular e não querem se transformar em sublegendas de partidos grandes.

São Paulo, 27 de maio de 2015

Renato Rabelo – Presidente Nacional do PCdoB