sexta-feira, 7 de novembro de 2014

PCdoB-PA emite nota sobre o terror na noite de Belém - PCdoB. O Partido do socialismo.

PCdoB-PA emite nota sobre o terror na noite de Belém - PCdoB. O Partido do socialismo.

Na noite de terça-feira (4), um cabo da Polícia
Militar (PM) do Pará, que não estava em serviço, foi morto a tiros no
bairro Guamá. Na madrugada, nove pessoas foram assassinadas em bairros
diferentes de Belém, depois de serem abordadas em vias públicas por
pessoas em motos, causando terror e insegurança na população. Em nota, o
PCdoB do Pará critica "a incompetência do governo do Estado que deixa o
seu povo a mercê da ação de grupos de extermínios e de bandidos". Segue
a íntegra abaixo:

Bandeira PCdoB
Nota do Partido Comunista do Brasil - Pará


Nota do Partido Comunista do Brasil - Pará



Terror na noite de Belém



Mais uma vez a população foi vítima da completa falta de segurança que
reina no Estado do Pará e na capital Belém. O que se viu ontem[4] foram
cenas de barbárie transmitidas quase que em tempo real pelas redes
sociais. O terror se espalhou com uma velocidade impressionante, a
população ficou refém da insegurança, várias universidades e escolas
suspenderam as aulas com medo de que algo de pior possa acontecer.



O assassinato de um Policial Militar foi o estopim para a onda de
violência que assolou nossa cidade durante toda a madrugada de ontem.
Segundo dados oficiais foram registrados 10 homicídios, fontes afirmam
que pelo menos 07 desses assassinatos tem características de execução.
Não é de hoje que nosso Estado é noticia pelo caos na segurança pública,
a incompetência do governo do Estado deixa o povo a mercê da sorte, a
mercê da ação de grupos de extermínios e dos bandidos. Nossa polícia é
mal remunerada e com poucas condições logísticas para enfrentar a guerra
instalada na cidade.



O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) rechaça a onda de insegurança e
medo que impera em nosso Estado, exigimos imediata ação do Governo do
Estado e o apoio da Força Nacional de Segurança para contribuir na luta
contra a Barbárie.



Secretariado Estadual do Partido Comunista do Brasil-Pará

Belém - 5/11/2014