domingo, 1 de abril de 2012

PCdoB decide manter candidaturas a prefeitos em nove capitais - Portal Vermelho

PCdoB decide manter candidaturas a prefeitos em nove capitais - Portal Vermelho


A direção nacional do Partido Comunista do Brasil, reunida em São Paulo, decidiu neste domingo (1º), manter e reforçar as pré-candidaturas do Partido em nove capitais de estados para o pleito municipal de outubro próximo.


O presidente nacional do PCdoB, Renato Rabelo, afirmou que o partido está vivendo um importante momento de acumulação eleitoral, com o aparecimento de novas lideranças políticas capazes de arregimentar apoios, concertar alianças, obter expressivas votações e vencer as eleições. Os comunistas veem possibilidade de êxitos em vários municípios.

Rabelo destacou a candidatura de Manuela D´Ávila, que aparece nas sondagens em empate técnico com o atual prefeito , José Fortunati. A deputada federal comunista já conta com o apoio do PSB e outras adesões estão por ser anunciadas nas próximas semanas, destacadamente o PP, da senadora Ana Amélia. Com a consciência de que será uma batalha renhida, o presidente do PCdoB assinalou que Porto Alegre é uma das capitais em que os comunistas podem vencer.

Em São Paulo, o vereador Netinho de Paula desponta com uma candidatura forte, com possibilidades de obter enorme votação, sobretudo nas periferias. O vereador, que foi candidato a senador em 2010, quando obteve mais de sete milhões de votos, é uma liderança popular prestigiada com grandes possibilidades eleitorais. A manutenção da sua candidatura projeta a legenda comunista não apenas no quadro paulistano, mas na luta política nacional, tem o valor simbólico de apresentar o PCdoB como protagonista político de peso.

Na Bahia e em Santa Catarina, despontam duas lideranças femininas do PCdoB – a deputada federal Alice Portugal (BA) e a legisladora estadual Ângela Albino (SC), ambas em condições de galvanizar o eleitorado das respectivas capitais, Salvador e Florianópolis. No estado da Bahia e em sua capital atua uma numerosa militância comunista. Trata-se de uma das seções estaduais mais estruturadas do PCdoB no país. O Partido conta na Bahia com ampla influência de massas, traduzida em força política e organizativa nos movimentos sociais. Em tal quadro, a direção do PCdoB considera que é imprescindível, para o partido continuar crescendo, manter a candidatura de Alice e fazer uma aguerrida campanha eleitoral. Em Florianópolis, Ângela Albino é uma das mais importantes lideranças emergentes e já conta com o apoio do PT local.

Goiânia, com Isaura Lemos; Aracaju, onde foi lançado Jefferson Dantas; Macapá, com o deputado federal Evandro Milhomen e Teresina, onde desponta o nome do deputado federal Osmar Jr., são capitais em que o PCdoB terá candidatos próprios no pleito municipal, em aliança com outros partidos.

Uma das principais lideranças nacionais do PCdoB, o senador Inácio Arruda, é pré-candidato em Fortaleza. Desponta como um dos líderes nas pesquisas eleitorais e está empenhado em articulações políticas para ser o candidato de uma frente que reúna as principais forças da capital cearense.

O PCdoB reúne possibilidades também em cidades médias, nomeadamente em Olinda (PE), onde conquistará o quarto mandato consecutivo, com Renildo Calheiros, candidato à reeleição. Contagem (MG), Jundiaí (SP), Nova Iguaçu (RJ), Campina Grande (PB), Foz do Iguaçu (PR) e Caxias (RS), entre outras, são cidades em que o PCdoB também terá candidaturas próprias e reúne chance de alcançar bons desempenhos nas urnas.

Da redação do Vermelho