quarta-feira, 10 de maio de 2017

Por dentro da cabeça dos que odeiam Lula - Elis Teixeira

Hoje pessoas envergonhadas por serem brasileiras estão felizes com a possível condenação de Lula. Elas sentem repulsa ao pensar que Lula foi e pode voltar a ser presidente do Brasil. Estas pessoas veneram o poder e os poderosos e acreditam que somente pessoas privilegiadas historicamente podem ter cargos executivos. Estas mesmas pessoas pensam que o Lula e a Dilma são pessoas mais simples, que não raciocinam muito bem e, portanto, não mereceriam jamais ter estado no lugar onde estiveram. Essas pessoas acham que vão vingar o Brasil. Pessoas desse tipo você conhece, bebe cerveja com elas, sai para jantar com elas, tira até foto com elas, ora pode até trabalhar com elas. Essas pessoas hoje apoiam de modo velado, escondido, camuflado a implosão do PT e da esquerda no país. Essas pessoas são muito egoístas, são aquelas que querem se dar bem às custas (literalmente) dos outros, são aquelas que fingem assumir responsabilidades mas que te manipulam para que você assuma a responsabilidade por elas. Estas pessoas manipulam de um jeito que até você, que parece pensar um bocadinho diferente delas, se torna fiel e bom companheiro.
Essas pessoas sobre as quais eu falo representam uma parte da sociedade brasileira que tem olhos mas não vê o outro, que tem ouvidos mas não ouve o outro, que tem cabeça mas não pensa no outro. Formam uma sociedade triste, traumatizada, que olha para o além mar e se questiona por que nasceu no Brasil, por que precisa conviver com pobres, por que as pessoas daqui não são bonitas como as de lá. Elas não entendem nada. Lá são subservientes, pouco criativas, obedientes, sem graça. Não tem protagonismo nem aqui nem lá.
Pessoas de coração e mente pequenas. Elas não são nacionalistas, elas sonegam impostos, elas também não são nem capitalistas verdadeiras, pois elas não sabem produzir, nem desenvolver o país, elas não querem partilhar nem com seus iguais imagina com pessoas de outra classe social. Se há qualquer produção delas aqui nunca será para libertar os outros mas para que os outros possam servir-lhes a conseguir alcançar seus objetivos tão mesquinhos.
Estas pessoas brasileiras estão felizes com a possibilidade de condenação do Lula. Elas dizem que se importam com provas, mas não é verdade. Elas querem a cabeça dele de qualquer modo. Para elas, o Lula tem de ser condenado pelo que sempre foi, afinal ele é só um nordestino pobre que não soube servir ao seu patrão, que foi ousado demais. Prendam este rapaz, levem-no de volta ao lugar de onde jamais deveria ter saído, ensinem-o a reencontrar o lugar dele.
No teor da denúncia que embasa o processo de hoje tem até 12 mil reais em eletrodomésticos recebidos de forma indevida pela OAS. Que fotografia mais pitoresca sobre o que estamos vivendo!
#LulaEuConfio #BrasilcomLula

* Postagem no Facebook, título meu.